Rondônia, 26 de Junho de 2017

Cassol e Rover garantem recursos para vias marginais de Vilhena

­Em audiência na noite desta terça-feira, 24, com o ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, o senador Ivo Cassol, o deputado federal Luiz Carlos da Agricultura e o prefeito de Vilhena, José Rover, garantiram a liberação de R$ 12 milhões de reais para a construção das vias marginais da BR-364 entre o município e o frigorífico da JBS Friboi, na saída norte. “Além de dar mais segurança para os trabalhadores e para quem transita pela BR a via marginal vai facilitar o escoamento da produção do frigorífico, aumentando a arrecadação do município e gerando mais empregos”, explicou o prefeito Rover ao ministro.

Segundo o senador Ivo Cassol, os recursos são muito importantes para Vilhena, que não dispõe de recursos suficientes para fazer a obra e precisa do apoio federal. “Aqui no ministério dos Transportes conseguimos alocar recursos para esta importante obra de Vilhena, isso representa mais investimentos na infraestrutura do município, mais arrecadação e mais empregos”, disse Cassol.

De acordo com o ministro Antonio Rodrigues, o ministério já está fazendo os estudos preliminares e os recursos estão disponíveis. “Ainda neste ano a obra será licitada e iniciada”, garantiu.

Bancada Federal cobra recuperação das BRs que cortam o estado

Ainda na noite desta terça-feira, o senador Ivo Cassol e os deputados federais Nilton Capixaba, Luís Carlos e Lúcio Mosquini se reuniram com o ministro dos Transportes para cobrar a conclusão das obras de recuperação das BR-364, a conclusão das pontes e duplicação no trecho urbano em São Miguel do Guaporé da BR-429 e os viadutos da entrada de Porto Velho, estes verdadeiros “monumentos da incompetência rodoviária”, pois estão há muito tempo inacabados sem previsão de conclusão.

O líder da bancada, deputado Nilton Capixaba, mostrou ao ministro a situação dos trechos da BR-364 que foram recapeados e que estão novamente em péssimo estado de trafegabilidade. O senador Ivo Cassol cobrou do ministro uma ação mais contundente junto às empreiteiras que “entra ano e sai ano continuam enrolando o povo de Rondônia e desperdiçando dinheiro público”.

Citando a conclusão do asfalto da BR no trecho que corta o município de São Miguel, Cassol aproveitou para cobrar também a conclusão das cabeceiras das pontes da BR, uma obra que parece nunca ter fim.

Os deputados também citaram o anel viário de Porto Velho, cuja obra ainda não saiu do papel. Com a conclusão de mais um porto da Maggi às margens do rio Madeira para o transporte de grãos, o trânsito de carretas vai aumentar ainda mais na Avenida Jorge Teixeira a caminho do porto da capital, o que vai prejudicar o trânsito – que já é caótico, e destruir o asfalto por onde passam “Esta obra é tão importante quanto a conclusão dos viadutos”, cobrou Cassol. Entretanto o ministro não garantiu que a obra (do anel viário) será executada este ano devido à falta de recursos, mas que vai cobrar do DNIT providências para acelerar as obras de recapeamento e conclusão do asfalto nas BRs.

22/03/2015

Comentários (0)

Não há comentários

Comente esta matéria

  • :: Os ítens com asterisco ( * ) são campos de preenchimento obrigatório.
  • :: Os e-mails dos usuários não serão divulgados no site.



© 2009 - Jornal a Tribuna Online
Rua Rio Grande do Norte, 1.745 - Vilhena-RO / Fone: 69 3322-1919 - 8447-1818