Rondônia, 19 de Agosto de 2017

BR 364 poderá ser duplicada, afirma deputado Lúcio Mosquini.

­Brasília - Em audiência nesta quarta-feira (26) com o Ministro dos Transportes Antônio Carlos Rodrigues o deputado federal Lúcio Mosquini (PMDB/RO) recebeu a informação de que a BR 364 será concedida à iniciativa privada, dentro do Programa de Investimento em Logísdtica (PIL).

"A informação mais importante é a de que qualquer que seja a empresa ganhadora do processo licitatório, ela não poderá cobrar pedágio antes de duplicar pelo menos 10% do trecho da rodovia. E também trata-se de uma concessão não onerosa, ou seja, a empresa terá que assumir imediatamente a conservação da rodovia", explicou Lúcio Mosquini.

O Ministério dos Transportes autorizou 275 requerimentos de empresas para realizarem estudos de 10 trechos de rodovias federais que deverão ser concedidas à iniciativa privada, entre as quais a BR 364, que corta o estado de Rondônia.

O prazo final para a elaboração e apresentação dos estudos técnicos será de 180 dias a contar da publicação das portarias no Diário Oficial da União, que ocorreu no dia 29 de julho.

"Eu fui ao Ministério cobrar a duplicação da BR 364, pois não aguentamos mais tanto descaso com a única via de acesso terrestre ao estado de Rondônia. A péssima conservação da rodovia penalizada os rondonienses, causando prejuízos e ceifando vidas", afirmou Mosquini.

Sobre a BR 364

É uma rodovia diagonal do Brasil que se inicia em Limeira-SP, indo até a divisa com Minas Gerais, depois passa por Goiás, Mato Grosso, Rondônia e Acre. 

É uma rodovia de fundamental importância para o escoamento da produção das regiões Norte e Centro-Oeste­

27/08/2015

Comentários (0)

Não há comentários

Comente esta matéria

  • :: Os ítens com asterisco ( * ) são campos de preenchimento obrigatório.
  • :: Os e-mails dos usuários não serão divulgados no site.



© 2009 - Jornal a Tribuna Online
Rua Rio Grande do Norte, 1.745 - Vilhena-RO / Fone: 69 3322-1919 - 8447-1818