Rondônia, 24 de Junho de 2017

Professoras de Vilhena ministram curso sobre Altas Habilidades/Superdotação em Ji-Paraná

­O processo de identificação de alunos com Altas Habilidades/ Superdotação na rede regular de ensino é um assunto que tem exigido dos profissionais qualificações contínua. Assim os mesmo têm melhores condições de entender, identificar, compreender e principalmente desenvolver habilidades para lidar com estes alunos considerados por muito tempo como “gênios”.

Pensando nesta realidade a professora com formação em Altas Habilidades do Ensino Especial, Lucimar Rodrigues e a Mestre da Linguagem, Maria Sueli da Silva Martins, ministraram na cidade de Ji-Paraná/RO, curso com carga horária de 42 horas/aula. A formação que contou com aproximadamente 50 profissionais da educação teve início no mês de julho e foi encerrada no período de 30 de setembro a 02 de outubro de 2015.  

Durante as atividades da formação, teoria e prática de diversas ferramentas pedagógicas levaram os profissionais há uma profunda reflexão e busca de conhecimento. Entre as ferramentas utilizadas destacou-se a Dança Sênior, na qual a professora Lucimar Rodrigues é dirigente habilitada.

Segundo a professora, a dança é uma atividade que auxilia nesta identificação, através do despertar da criatividade, prática de ritmo, melhora da concentração e da segurança que o aluno sente ao praticar atividade grupal.

Para o secretário de Educação do município de Vilhena, José Carlos Arrigo, investir na qualificação dos profissionais sempre foi muito importante para a gestão, “nos sentimos honrados em receber o pedido da Secretária da SEMED de Ji-Paraná, Leiva Custódio Pereira, para que pudéssemos contribuir com esta formação”. O secretário parabenizou ainda a disposição das professoras que participaram das atividades.

Segundo Nota Técnica do MEC emitida em junho/2015, a identificação de cada estudante objetiva possibilitar melhores condições pedagógicas individuais de aprendizagem, ao considerar os diversos interesses, ritmos e habilidades de todos os estudantes, vislumbrando suplantar os padrões rígidos da escola homogeneizadora, reconhecendo e valorizando, assim, a diferença como essência da humanidade. 

Todos os estudantes devem usufruir de um ambiente educacional enriquecedor, estimulante e criativo, que favoreça seu desenvolvimento integral. As práticas pedagógicas diversificadas refletem o reconhecimento dos diferentes estilos de aprendizagem, interesses, motivações, habilidades e necessidades, valorizando as potencialidades de cada sujeito.

30/10/2015

Comentários (0)

Não há comentários

Comente esta matéria

  • :: Os ítens com asterisco ( * ) são campos de preenchimento obrigatório.
  • :: Os e-mails dos usuários não serão divulgados no site.



© 2009 - Jornal a Tribuna Online
Rua Rio Grande do Norte, 1.745 - Vilhena-RO / Fone: 69 3322-1919 - 8447-1818